Como o aço ajudou a salvar vidas na pandemia

A pandemia da Covid-19 foi um período marcado por incertezas e mudanças comportamentais no dia a dia de todas as pessoas. Com o alto índice de contaminação pelo vírus, novas formas de repensar a higienização foram estabelecidas e diversos setores precisaram se reinventar neste cenário. Ainda no início da pandemia, o país enfrentou uma situação delicada: a falta de leitos nos hospitais.

Foi necessário pensar em ações que otimizassem tempo e atuassem rompendo essa dificuldade. A solução encontrada foi a construção em aço de hospitais de campanha. Esse tipo de construção é rápida, sustentável, segura e qualificada, tanto quanto uma construção tradicional em alvenaria.

O aço movimenta o Brasil e, neste artigo, nós vamos te apresentar como ele contribuiu para salvar vidas durante a pandemia do coronavírus.

Construções em aço e hospitais de campanha

Os hospitais de campanha são caracterizados como unidades hospitalares móveis, que podem ser desmontadas após o uso. Geralmente, elas são estruturadas com perfis metálicos e cobertas com tendas em situações emergenciais.

Como são lugares feitos de forma provisória, o objetivo é que ele ofereça condições mínimas para o atendimento emergencial e suporte aos necessitados, como leitos, ambientes limpos e cobertos, instalações elétricas e hidráulicas. Em contrapartida, nos hospitais definitivos, é preciso seguir as exigências e normas técnicas à risca, seguindo legislações federais, estaduais e municipais. افتتاح اليورو 2023

Por ser prático e rápido, o aço se tornou um material essencial nas construções, tendo em vista que em uma situação de emergência, o tempo de execução da edificação é primordial.

Para as construções dos hospitais de campanha no país, os processos de engenharia e logística foram planejados rigorosamente. Conheça algumas construções:

Hospital de Campanha no Estádio Pacaembu (SP)

O Hospital Municipal de Campanha foi erguido em apenas dez dias no gramado do Estádio Pacaembu e comportava mais de 200 leitos. Pioneiro durante a pandemia, toda a estrutura foi feita em uma tenda metálica com 6.300 m². Segundo a Agência Brasil, o investimento foi de cerca de R$ 23 milhões.

 

Hospital Modular de Nova Iguaçu (RJ)

Construído em apenas 60 dias em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, ele foi considerado o maior hospital modelar da América Latina, tendo capacidade total para 300 leitos. Foram 12.800 m² de área construída, onde 500 trabalhadores executaram a construção que movimentou mais de 45 carretas com mais de mil toneladas de chapas de aço. سن جريزمان

O investimento foi de R$ 50 milhões.

Jefer

https://www.jefer.com.br/contato/

Fundada em 1999, o Grupo Jefer é construído por cinco empresas, que juntas, formam um polo de industrialização, comercialização e distribuição de produtos de aço no Brasil. Sentimos orgulho em construir para o avanço do país e com a saúde de toda população, através do aço. العاب ماكينات القمار

Fonte