Produção brasileira de aço tem expressivo crescimento em 2021

A grande riqueza industrial que o Brasil possui inclui matérias-primas que se desenvolvem de maneira sustentável, unindo crescimento econômico com sustentabilidade. A indústria do aço está diretamente atrelada a essas questões e, por ser um segmento já consolidado, está com crescimento expressivo em 2021.

Para detalhar o assunto, o Grupo Jefer preparou um artigo com informações, características e dados deste setor. Siga a leitura!

Sobre o aço
O aço é um material caracterizado por uma liga metálica que tem a maior parte das composições em ferro e carbono.

Quando nos referimos à indústria do aço, é importante conhecer as propriedades deste material e para quais fins eles são utilizados. Se observarmos com cautela, identificamos como ele faz parte das nossas atividades diárias.

Está presente nos mais diversos setores, como o do agronegócio, utilizado nos maquinários das empresas agrícolas; no segmento automotivo, contribuindo para fabricação de peças para montadoras, além de estruturas de caçamba para os caminhões; bem como na área de construção civil, para estruturar edifícios e viadutos, por exemplo.

Sem contar que, também são usados nos eletrodomésticos e utensílios domésticos, como panelas, palhas de aço, mesas, portões ou parafusos.

É impossível imaginar o mundo sem o uso do aço, pois ele se relaciona ao desenvolvimento, negócios, empregos e praticidade para a sociedade.

Forte crescimento em 2021
No primeiro semestre de 2021, a produção de aço bruto no Brasil cresceu 24% em comparação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a matéria da Agência Brasil, publicada no final do último mês. Esse valor é equivalente a cerca de 18,1 milhões de toneladas do material.

Segundo o Instituto Aço Brasil (IABr), as vendas internas (12,09 milhões de toneladas) subiram 43,9%, enquanto a quantidade exportada caiu (-13,7%), com total de 5,2 milhões de toneladas.

O presidente do IABr, Marco Polo de Mello Lopes, destacou que o consumo de aço e o desenvolvimento econômico “andam juntos e são indissociáveis”. Com isso, o produto é um indicador antecedente e deve influenciar positivamente o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país).

O país já carrega um histórico exemplar de produção do aço. Em 2020, ele foi considerado o nono maior produtor de aço do mundo pela Worldsteel Association – uma das maiores e mais dinâmicas associações industriais do mundo, ficando atrás dos países como China, Índia, Japão, Estados Unidos, Rússia, Coreia do Sul, Alemanha e Turquia, respectivamente.

Previsões positivas
As novidades não param por aí. Segundo as previsões para os próximos meses, o Instituto Aço Brasil indica que a produção de aço bruto deve fechar o ano com 35,8 milhões de toneladas.

Caso essa previsão seja confirmada, ela vai superar as estimativas feitas anteriormente, de 6,7% e 11,3%, feitas, respectivamente, em novembro de 2020 e em maio de 2021.

Se isso ocorrer, será a melhor marca da história da indústria siderúrgica no Brasil.

O Grupo Jefer
Esses dados estatísticos são comemorados pelo Grupo Jefer, referência em produtos siderúrgicos, que atua desde 1999 realizando a produção, comercialização e distribuição dos produtos de aço em todo território brasileiro.

Entre esses produtos, estão:

• Os tubos de aço carbono industriais e estruturais;
• Os perfis roletados, simples e enrijecidos;
• As boninas para linhas automotivas, construção civil, embalagens metálicas e tubos;
• As telhas onduladas, trapezoidal, coloridas, termoacústicas;
• As chapas;
• E os perfis para Drywall.

Se tratando os tipos de aço utilizado, fazem parte da produção o aço carbono, laminados a frio, laminados a quente, pré-pintados, galvanizados e aluzincos, em: blanks, sliters, perfis roletados, tubos com costura e também em bobinas.

Se você ficou interessado em saber mais sobre as linhas e processos de produção, acompanhe nosso blog e entre em contato com nossa equipe. Clique aqui e preencha suas informações. Retornaremos em breve!

Fonte do artigo:
https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2021-07/producao-de-aco-bruto-do-brasil-cresce-24-no-primeiro-semestre
https://www.bnaconsultoria.com/blog/brasil-foi-o-nono-maior-produtor-de-aco-do-mundo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *